Ética Prática, de Peter Singer
Abril de 2000 ⋅ Filosofia Aberta

Trazer a ética dos céus para a Terra

Ética Prática, de Peter Singer
Tradução de Álvaro Augusto Fernandes
Revisão científica de Cristina Beckert e Desidério Murcho
Gradiva, Março de 2000, 411 pp.
ComprarExcertoRecensão 1Recensão 2

Esta obra — clara, informada e muito bem argumentada — enfrenta alguns dos grandes desafios éticos do nosso tempo. Trata-se dos desafios éticos impostos pela fome no mundo, pelo equilíbrio ecológico do planeta, pela exigência de igualdade e pela moderna ciência médica, entre outros. Que posições poderemos defender com respeito à eutanásia e ao aborto? E relativamente aos refugiados e à ajuda internacional aos países do Terceiro Mundo? E quanto aos animais? Teremos o direito de os fazer sofrer só para satisfazer o nosso prazer? Que desafios nos levanta uma sociedade verdadeiramente igualitária?

A ética aplicada é uma das áreas onde a filosofia, praticada na sua melhor tradição argumentativa, demonstra a sua fecundidade como instrumento de abordagem a alguns dos grandes problemas da humanidade. A filosofia é uma actividade viva, caracterizada pelo estudo minucioso dos problemas e pela tentativa de produzir respostas convincentes alicerçadas em argumentos sólidos. Nesta obra, Peter Singer mostra-nos a filosofia no seu melhor, introduzindo de forma exemplar os seguintes temas:

  • A natureza da ética
  • A noção de igualdade
  • Os direitos dos animais
  • A eutanásia
  • O aborto
  • A fome no mundo
  • O problema dos refugiados
  • A ética do meio ambiente
  • A desobediência civil
  • A natureza da acção ética
  • O sentido da vida

Leitura obrigatória para estudantes de Filosofia, Direito, Sociologia, Relações Internacionais e Comunicação Social, esta obra é de um interesse público indesmentível, constituindo ponto de reflexão fundamental para todos os que se preocupam com os grandes problemas éticos do nosso tempo. Um livro que nos permite exercer uma cidadania livre e crítica, fundamental numa democracia viva e participada.

Peter Singer

Sobre o autor

Peter Singer é um dos mais importantes especialistas em ética aplicada, área para cuja revitalização contribuiu decisivamente. Ensinou nas universidades de Oxford, Nova Iorque e Monash, sendo actualmente Professor Catedrático na Universidade de Princeton. Da sua obra destacam-se Marx (1980), Hegel (1983), Libertação Animal (1975; trad. port. 2000), Rethinking Life and Death (1994) e Ethics into Action (1998). É co-autor das obras The Reproduction Revolution (1984), Should the Baby Live? (1985), Embryo Experimentation (1990) e The Great Ape Project (1995). Redigiu o artigo sobre ética da actual edição da Encyclopaedia Britannica e organizou os volumes Applied Ethics (1986), A Companion to Ethics (1991) e Ethics (1994). Deu ainda origem à obra Singer and His Critics (1999), organizada por Dale Jamieson. Em 1992 foi eleito Presidente Fundador da Associação Internacional de Bioética, foi o primeiro Director do Centro de Bioética da Universidade de Monash e é co-director da revista internacional Bioethics. Encontrou ainda tempo para escrever Ética Prática, uma brilhante introdução à ética aplicada, e uma obra de divulgação admirável: How are We to Live? (1995).

Índice

  1. Prefácio
  2. Sobre a ética
    O que a ética não é
    O que a ética é: uma perspectiva
  3. A igualdade e as suas implicações
    As bases da igualdade
    Igualdade e diversidade genética
    • Diferenças raciais e igualdade racial
    • Diferenças sexuais e igualdade sexual
    Da igualdade de oportunidades à igualdade de consideração
    Acção afirmativa
    Nota final: igualdade e deficiência
  4. Igualdade para os animais?
    Racismo e especismo
    O especismo na prática
    • Animais para alimentação
    • Experiências com animais
    • Outras formas de especismo
    Algumas objecções
    • Como sabemos que os animais sentem dor?
    • Se os animais se comem uns aos outros, por que razão não devemos comê-los?
    • Diferenças entre seres humanos e animais
    • Ética e reciprocidade
  5. Qual é o mal de matar?
    A vida humana
    • O valor da vida dos membros da espécie homo sapiens
    • O valor da vida de uma pessoa
    • Será que uma pessoa tem direito à vida?
    • As pessoas e o respeito pela autonomia
    • Vida consciente
      • Será que devemos dar valor à vida consciente?
      • A comparação do valor de vidas diferentes
  6. Tirar a vida: os animais
    Será que um animal não humano pode ser uma pessoa?
    Matar pessoas não humanas
    Matar outros animais
    Conclusões
  7. Tirar a vida: o embrião e o feto
    O problema
    A posição conservadora
    • Nascimento
    • Viabilidade
    • Primeiros movimentos
    • Consciência
    Alguns argumentos progressistas
    • As consequências de leis restritivas
    • Será que a lei não tem nada a ver com isso?
    • O argumento feminista
    O valor da vida fetal
    O feto como vida em potência
    O estatuto do embrião no laboratório
    A utilização do feto
    Aborto e infanticídio
  8. Tirar a vida: os seres humanos
    Tipos de eutanásia
    • Eutanásia voluntária
    • Eutanásia involuntária
    • Eutanásia não voluntária
    A justificação do infanticídio e da eutanásia não voluntária
    Decisões de vida ou de morte para crianças deficientes
    Outras decisões não voluntárias de vida ou de morte
    A justificação da eutanásia voluntária
    A não justificação da eutanásia involuntária
    Eutanásia activa e passiva
    A derrapagem: da eutanásia ao genocídio?
  9. Ricos e pobres
    Alguns factos sobre a pobreza
    Alguns factos sobre a riqueza
    O equivalente moral do homicídio?
    • A obrigação de ajudar
    • O argumento a favor da obrigação de ajudar
    • Objecções ao argumento
  10. Os refugiados
    O abrigo
    O mundo real
    A abordagem ex gratia
    A falácia da abordagem actual
    Abrigos e refúgios
  11. O ambiente
    A tradição ocidental
    As gerações do futuro
    Haverá valor para lá dos seres sencientes?
    Reverência pela vida
    Ecologia profunda
    O desenvolvimento de uma ética ambiental
  12. Fins e meios
    Consciência individual e lei
    Lei e ordem
    Democracia
    Desobediência: a civil e as outras
    Violência
  13. Porquê agir moralmente?
    Compreender a questão
    Razão e ética
    Ética e interesse pessoal
    Será que a vida tem sentido?
  • Apêndice: ser silenciado na Alemanha
  • Notas, referências e leituras complementares
  • Índice analítico
Termos de utilização ⋅ Não reproduza sem citar a fonte