O Anjo Melancólico, de Maria João Cantinho

Apresentação

Maria João Cantinho
O Anjo Melancólico: Estudo sobre o conceito de Alegoria na obra de Walter Benjamin, de Maria João Cantinho
Supervisão de Maria Filomena Molder
Dissertação de Mestrado
Faculdade de Ciências Sociais e Humanas
Universidade Nova de Lisboa
Lisboa, 1998, 247 pp. (77 000 palavras)
Mais informação

Walter Benjamin marcou de forma indelével o panorama do pensamento estético e da crítica de arte do século XX. Ao longo desta dissertação, procura-se compreender e esclarecer as marcas fundamentais do seu pensamento, abordando os temas que se lhe encontram sempre subjacentes: o problema da linguagem e o da sua origem, a sua perspectiva histórica, marcada pelas influências paralelas do messianismo judaico e do marxismo dialéctico, a questão dos géneros artísticos e literários, a experiência do choque e da alienação, na vida do homem moderno, e as suas consequências no campo das artes e, em especial, da literatura.

A tónica dominante do trabalho é a análise do conceito de alegoria, pois ela permite-nos compreender o modo como, pouco a pouco, pelo estudo do Drama Barroco Alemão e das mais representativas obras literárias do século XIX e princípio do século XX, revalorizando esse procedimento metodológico face às teorias simbolistas românticas, W. Benjamin descobre nele o seu modus operandi, aplicando-o a toda a sua obra, como modo de compreensão da história. Portanto, muito mais que um artifício estético, à maneira do símbolo, a alegoria mostra o próprio rosto da história, entendido na sua forma mais assombrada, isto é, como um monte de destroços e cujo final escatológico não conhece qualquer salvação nem optimismo. Enquanto forma operatória por excelência, a alegoria traz em si os destroços da história, mas, ao mesmo tempo, transporta também consigo a possibilidade da transfiguração desse horror em obra de arte, à maneira de um olhar de medusa, petrificador e derradeiro.

Maria João Cantinho nasceu em Lisboa em 1963. Licenciou-se em Filosofia com média de 15 valores na Universidade Nova de Lisboa, no ano de 1988. Realizou a tese de dissertação de mestrado em Filosofia na Universidade Nova de Lisboa, tendo terminado a mesma em 1998. É professora efectiva do quadro da Escola Secundária Professor Reynaldo dos Santos. Publicou alguns contos e poemas em edições camarárias relativas a prémios literários em anos diversos.

Maria João Cantinho
Termos de utilização ⋅ Não reproduza sem citar a fonte