Um só Mundo
4 de Feveiro de 2004 ⋅ Filosofia Aberta

Contra as fronteiras

Um só Mundo: A Ética da Globalização, de Peter Singer
Tradução de Maria de Fátima St. Aubyn
Lisboa: Gradiva, Fevereiro de 2004, 284 pp., € 15,50
ComprarExcerto 1Excerto 2
Recensão 1Recensão 2Recensão 3

Colocando um desafio ousado às perspectivas limitadas e nacionalistas dos definidores de políticas, dos políticos e dos líderes dos Estados Unidos e de outros países, Peter Singer apresenta pormenorizadamente uma forma prática de considerar as questões mundiais contemporâneas sob o prisma da ética. O livro trata quatro grandes questões mundiais: as alterações climáticas, o papel da Organização Mundial do Comércio, os direitos humanos e a intervenção com fins humanitários, e a ajuda externa. Singer aborda cada uma destas questões fundamentais de uma perspectiva ética e apresenta alternativas à abordagem estadocêntrica que caracteriza actualmente a teoria e as relações internacionais.

O mundo contemporâneo enfrenta um novo desafio: a globalização. Por "globalização" entende-se o processo de cada vez maior interligação entre todos os aspectos da vida ecológica, económica, legal e social. Esta interligação cada vez maior assinala, em alguns aspectos, o fim do estado-nação, tal como o Império Romano assinalou o fim das cidades-estado. O que Peter Singer nos oferece é uma visão lúcida, ponderada e sem estar tolhida por preconceitos ideológicos do caminho a seguir nas seguintes áreas:

Do máximo interesse para todas as pessoas que procuram compreender melhor os grandes problemas políticos e económicos do mundo contemporâneo, esta é uma obra especialmente adequada para estudantes de Direito, Filosofia, Economia, Sociologia, Ciência Política e Relações Internacionais. Contudo, pela sua clareza e apresentação directa e simples, trata-se de um livro que todo o cidadão do planeta Terra deve ler e discutir.

Aclamação

"Singer debate temas como as alterações climáticas, a Organização Mundial do Comércio, os direitos humanos e a intervenções humanitárias. O livro tem o mérito de apresentar soluções concretas para alguns dos problemas discutidos. A análise é descomplexada e provocadora e a escrita cativante. Singer debate a globalização pela prisma da ética, um tema ainda pouco explorado por outros cientistas sociais. Independentemente de se concordar ou não com as soluções apresentadas pelo autor, esta é, sem dúvida, uma leitura obrigatória para todos(as) os(as) que se preocupam com as questões relacionadas com a globalização." (Álvaro Santos Pereira)

"Muitas pessoas escreveram já sobre o significado económico da globalização; em Um Só Mundo Peter Singer explica o seu significado moral. A sua posição é cuidadosamente desenvolvida e o tom é moderado, mas as suas conclusões são radicais e profundas. Nenhum especialista em teoria política, nenhum filósofo moral, nenhum governante ou activista político pode dar-se ao luxo de ignorar os seus argumentos." Michael Walzer, Instituto de Estudos Avançados (Princeton, EUA)

"Peter Singer escreve lucidamente, como sempre, e com uma lógica implacável. Fazer os estados ter um comportamento ético é uma aspiração heróica, mas este livro dará muito que pensar até ao mais obstinado realista." Gareth Evans, Presidente do Grupo de Crise Internacional, ex-ministro dos negócios estrangeiros da Austrália

Sobre o autor

Peter Singer Peter Singer (n. 1946) é um dos mais importantes filósofos morais do planeta. Autor dos clássicos modernos Ética Prática (Gradiva) e Libertação Animal (Via Óptima), e também de How Are We To Live? (Oxford University Press), Rethinking Life and Death (Oxford University Press) e A Darwinian Left (Weidenfeld), entre outros, organizou ainda os volumes A Companion to Ethics (Blackwell) e Ethics (Oxford University Press). Professor de bioética no Centro para os Valores Humanos da Universidade de Princeton, Peter Singer é uma voz racional e ponderada, contribuindo decisivamente para elevar o nível do debate público de matérias que a todos interessam.

Índice

Prefácio
Prefácio à segunda edição

1 Um mundo em mudança

2 Uma só atmosfera

O problema
Rio e Quioto
O que é uma distribuição equitativa?
Justiça: uma proposta
Caído do céu?

3 Uma só economia

A desordem da Organização Mundial do Comércio
As quatro acusações
Julgamento
Melhor é possível?
Comércio, legitimidade e democracia

4 Uma só lei

A necessidade de intervenção
O desenvolvimento do direito penal internacional
Critérios para uma intervenção humanitária
A autoridade das Nações Unidas
Conferirá a disseminação da democracia protecção contra o genocídio?
A intervenção faz mais bem do que mal?
Evitar o imperialismo cultural
A reforma das Nações Unidas
Resumindo: soberania nacional e uma ética global

5 Uma só comunidade

Igualdade humana: teoria e prática
Preferência pelos nossos
Ética e imparcialidade
A avaliação de preferências parciais
A importância ética do estado-nação
A realidade
Um desafio ético

6 Um mundo melhor?

Índice remissivo

Termos de utilização ⋅ Não reproduza sem citar a fonte